Anjos Apaixonados - Lori Foster

http://2.bp.blogspot.com/_5_pKOQI2BnQ/TC0eRZMNH5I/AAAAAAAAAe0/QgTQtFJDFI8/s1600/CHE347.jpg

Farsante 
História 1

O investigador Dane Carter assumiu a identidade de seu irmão gêmeo para encontrar seu assassino. Angel Morris, a mulher que seu irmão havia traído, era sua principal suspeita, e agora Dane colocaria sua confiança à prova mais uma vez... ao fazê-la se apaixonar.


http://i206.photobucket.com/albums/bb5/nanip-capas/f5071e59.gif?t=1290189895Em "Farsante" temos Dane investigando a morte de seu irmão gêmeo, Derek, onde todos consideram ter falecido por meio de um trágico acidente. Suspeitando a respeito da estranha situação dos fatos, Dane acaba iniciando a própria busca pela verdade, e nessa caçada, seu caminho acaba se cruzando com a bela amante de seu irmão.

Angel é uma mulher forte e determinada. Toda sua coragem está direcionada para a necessidade de ser uma boa mãe e dar o melhor possível ao seu bebê. Entretanto, quando sua vida toma rumos diferentes do que planejava e precisa da proteção do irmão gêmeo do homem que um dia amou, Angel se vê completamente envolvida por Dane, onde, mesmo tendo o mesmo rosto de Derek, se mostra tão diferente do irmão como a água para o vinho. Com uma sensualidade latente e um modo irreverente de levá-la ao pico mais alto do prazer, Angel mergulha profundamente num novo amor.

O romance do casal transforma-se em algo sólido e verdadeiro ao longo da leitura, fazendo o leitor sentir que entre Angel e Dane nasce algo impossível de ser ignorado. 

“— Tempo demais.

— E você sentiu minha falta? — Ele mordiscou o lóbulo, para em seguida afundar a língua. — Por que não telefonou?

Mesmo em meio ao nevoeiro sensual, Angel percebeu a armadilha.

— Depois da forma como você agiu da última vez?

Angel estava chocada por ele ser capaz de perguntar tal coisa. Após um momento de hesitação, ele perguntou:

— Como você esperava que eu agisse?

Angel enrijeceu de tensão enquanto se afastava dele.

— Não como se não se importasse! E depois da forma como traiu minha confiança! Fui demitida por sua causa, seu...

— Shhh... — Ele a beijou de novo, lenta e demoradamente, e sua mão iniciou uma trilha lenta por seu corpo, contornando sua cintura, que por sorte estava fina de novo, para parar em seu quadril. Os pensamentos e á raiva de Angel evaporaram no ar.”

Foi a primeira vez que li uma história onde à mocinha acaba se envolvendo com irmãos gêmeos. Estranhei um pouco no começo, mas como Lori Foster é uma ótima escritora, no meio do livro não estava mais importando com isso e ficava torcendo a cada página para que tudo acabasse bem.

http://2.bp.blogspot.com/_5_pKOQI2BnQ/TC0eRZMNH5I/AAAAAAAAAe0/QgTQtFJDFI8/s1600/CHE347.jpg
Paixão Cega
 História 2

A paixão cegara a investigadora Celia Carter uma vez, e ela estava determinada a impedir que o fizesse novamente. Porém, Alec Sharpe, seu colega de profissão, estava tentado a reacender a chama dentro dela e fazê-la se perdoar... antes que Celia colocasse em risco a própria vida.


http://i206.photobucket.com/albums/bb5/nanip-capas/f5071e59.gif?t=1290189895Não gostei muito dessa estória. Amei o Alec, mas a Celia me deu nos nervos, ainda mais, com certas atitudes dela que tornaram a leitura um tanto depreciativa.

Em “Paixão Cega” somos apresentados ao romance de Alec – parceiro de Dane – e Celia – irmã dos gêmeos Dane e Derek -. O tema central da trama é bastante interessante, e Lori Foster conseguiu desenvolve-lo com bastante naturalidade e inteligência.

Com uma narrativa ainda mais sensual e vibrante, "Paixão Cega" nos leva a um mundo de prostituição e drogas, onde Celia luta para salvar a vida de uma jovem que mergulhou nesse terrível ramo. Alec age como seu guarda-costas em quase todas as páginas, e é bastante interessante as descrições da luta interior que ele enfrenta para manter-se afastado da irmã de seu melhor amigo. Mas, seu desejo por Celia acaba sendo mais forte, e juntos desfrutam algo novo e incrivelmente belo.

O amor é um sentimento que feriu a ambos no passado, mas eles acabam conhecendo uma nova face desse maravilhoso sentimento nos braços um do outro.

(...) — Mas tem uma condição.

Apesar da atitude cínica e superior dele, um calor se espalhou pelo corpo de Célia, prova do que ela já desconfiara, do que ela sempre soubera, exatamente o que ele iria querer em troca. Ela sentiu as pernas trêmulas, mas ergueu o queixo e devolveu o olhar incisivo dele, sendo a bravata sua única forma de defesa.

— Estou ouvindo.

As pálpebras de Alec baixaram sensualmente, seus grossos cílios quase escondendo o olhar quando fitou, primeiro, a boca de Célia, depois, os seios, e, em seguida, mais abaixo. O tom de voz dele era suave, um grunhido cru, que fez com que cada nervo do corpo dela sé contraísse com a fruição do momento.

— Eu quero você. Quando e onde eu escolher. Do jeito que eu desejar. — Os olhos dele se moveram, para encontrar os dela de novo. — E eu vou imaginar muitas e diferentes maneiras. Você vai ter que concordar. Até que isso acabe, até que Hannah esteja a caminho de casa, você será minha.

(...)

— Ah, não querida — sussurrou ele — Eu não vou deixar que você se finja de mártir. Vou assegurar que desfrute de cada uma das pequenas coisas que farei com você, sem que se sinta forçada. O que quer que tenha feito com Raymond, não será páreo para mim. E quando eu tiver terminado, você vai saber muito bem que não há nada de sujo entre nós.

Dou três estrelas só porque esperava muito mais da Celia, e que a Lori Foster construísse uma mulher que estivesse mais a altura do Alec.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design e codificação desenvolvidos por Layouts Keanuloka - Proibido copiar ou usar como base - Bellos Romances powered by Blogger