Lançamento: Uma Estranha Simetria - Audrey Niffenegger

AUDREY NIFFENEGGER, nascida em 13 de junho de 1963, em South Haven, Michigan, é artista plástica. Além de seu elogiado livro de estréia, A Mulher do Viajante no Tempo, que vendeu mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo, ela é autora de dois livros ilustrados, The Three Incestuous Sisters e The Adventuress. Audrey vive em Chicago. Durante o processo de pesquisa para Uma Estranha Simetria, morou em Londres e trabalhou como guia no Cemitério Highgate. Segundo ela, sempre que visita a cidade, vai ao cemitério e, por vezes, em finais de semana, acaba guiando um ou outro grupo.

E agora a Editora Suma de Letras está lançando no Brasil o segundo romance de Audrey Niffenegger que promete fortes emoções. O segundo romance baseia-se sobre a relação entre irmãos gêmeos. A história de Uma Estranha Simetria, gira em torno da morte de Elspeth Noblin, que transforma-se em um fantasma. Elspeth se torna um fantasma porque, ao morrer, ela se recusa a ir embora. É essencialmente a sua própria vontade que a mantém aqui. O que eu deixo um pouco no ar é o quão sincera ela está sendo. Ao longo do livro é a sua extrema força de vontade que faz tudo acontecer”, explica a autora.

Da mesma autora do best-seller A Mulher do Viajante no Tempo,
com mais de cinco milhões de exemplares vendidos

“Maduro, complexo e convincente.” – The New York Times

“Como em A Mulher do Viajante no Tempo, um romance que transpõe
todas as barreiras naturais.” – The Washington Post

http://4.bp.blogspot.com/-O-y0nuOgjYE/TWPZMvfMllI/AAAAAAAAAks/6y8-hpm6l_8/s1600/9788560280797_livraria.jpg
  • Título: Uma Estranha Simetria
  • Tradutor: Lívia de Almeida
  • Editora: Suma de Letras
Quando Edie, a irmã gêmea de Elspeth, recebe a notícia de sua morte, vem junto uma surpresa: ela deixou para as sobrinhas o seu apartamento com vista para o imponente cemitério Highgate, em Londres – com a condição de que as duas vivam lá por um ano. Quanto a Edie e seu marido, Jack, o testamento estipula que não podem acompanhar as meninas na mudança nem entrar no apartamento.

“Querida e, Eu te disse que avisaria... então lá vai... adeus. Tento imaginar como seria se fosse com você... mas é impossível imaginar um mundo sem você, mesmo depois de termos passado tanto tempo separadas. Não deixei nada para você. Você recebeu a minha vida. É o bastante. Em vez disso, estou fazendo uma experiência... deixei tudo para as gêmeas. Espero que elas apreciem. Não se preocupe, tudo vai ficar bem. Diga adeus ao Jack por mim. Com amor, apesar de tudo,e”.

As gêmeas Julia e Valentina, de 20 anos, têm uma forte conexão, como se espera de irmãs condicionadas à presença uma da outra desde o útero. Situação muito diferente da que vivia sua mãe e sua tia, Elspeth: não se viam há 21 anos, e viviam a um oceano de distância. As meninas nunca tinham estado em Londres. Nunca haviam saído dos Estados Unidos. Londres era a terra de sua mãe, mas Edie e Jack raramente falavam sobre o assunto. Agora, Edie era americana – tinha se tornado nativa, ou quase isso. A família Poole morava em um subúrbio de Chicago que fingiu, em seus primórdios, ser uma aldeia inglesa.

Mas a descoberta de que estava prestes a morrer, faz com que Elspeth quisesse se aproximar de suas sobrinhas. As razões da tia, desvendadas pouco a pouco, são inusitadas e inesperadas. Em uma carta endereçada as gêmeas, ela revela: “Eu esperava conhecê-las algum dia, mas isso não vai acontecer. Talvez vocês estejam se perguntando por que estou deixando todos os meus badulaques para vocês e não para a sua mãe. A melhor explicação que posso dar é que me sinto bastante esperançosa em relação às duas. Fico curiosa em saber que proveito poderão tirar da situação. (...) Talvez vocês considerem minhas condições um pouco duras. (...) Não estou tentando semear discórdia na sua família. Estou tentando proteger minha própria história. Uma coisa ruim sobre estar à beira da morte é que comecei a sentir que minha vida está sendo apagada. Outra coisa ruim é que não vou conseguir descobrir o que vai acontecer depois”. É assim que Julia e Valentina, segunda geração de gêmeas da família Poole, partem rumo a uma experiência transformadora.
E fiquem de olho nas novidades que podem ir surgindo ;)

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design e codificação desenvolvidos por Layouts Keanuloka - Proibido copiar ou usar como base - Bellos Romances powered by Blogger